Postagens

Treinamento em redação científica e superação de bloqueios: é possível conciliar?

Nair Pontes, psicóloga com mais de 25 anos de experiência, relata com fatos reais suas conquistas, o que pode servir de inspiração para outros pesquisadores
Como psicóloga há mais de 25 anos, observo como essa fase de relacionamento mais íntimo com a academia “mexe” com questões muito profundas do inconsciente de cada profissional que se propõe ao desafio de concluir mestrado, doutorado e, consequentemente, dissertações, teses, artigos científicos, projetos... Eu mesma, vivo atualmente, a experiência do doutorado e todos os seus desafios. Sei que de alguma forma os diferentes profissionais estão imbuídos de uma capacidade narcísica de ser donos de um suposto saber. Porém, “na hora do vamos ver” deparam-se com algo muito diferente que são suas próprias limitações, incapacidades e o pior, os bloqueios. É aí que entra a atividade desenvolvida por Pedro Reiz que consiste no aperfeiçoamento das habilidades em redação científica de profissionais que estão submetidos aos programas de mestrado e…

Anti-plágio ou antiplágio? (Pedro Reiz)

Os "especialistas" em redação científica continuam com o show de horrores. Desde os últimos dias de 2016 (hoje é dia 04 de janeiro de 2017) estou revisando a 4ª edição do Manual de técnicas de redação científica. Ocorre que no Capítulo 10 consta uma breve lista de softwares que detectam plágio.
Durante a atualização dessa lista de programas que detectam plágio ou verificadores de plágio ou ainda detectores de plágio, encontrei a grafia "anti-plágio" em sites acadêmicos, alguns até de conhecidas universidades. Uau!!!
Para evitar alguns desvios na norma culta da língua portuguesa, segue lista atualizada com o prefixo anti, conforme o novo Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa:

antiabortivo
antiaderente
antiafrodisíaco
antialcoólico
antialérgico
antiálgico
antianafilático
antiansiedade
antiantitoxina
antiarritmia
antiartrítico
antibacteriano
antibioterapia
anticálcio
anticancerígeno
anticardiolipina
anticatafilaxia
anticatálise
anticatarral
anticatarse
anticefalálgico

Cursos de redação científica (vagas abertas)

Imagem
Curso de Extensão em Redação Científica 2016 (últimas vagas)
ÚNICAS TURMAS DE 2016 Extensão em Redação Científica: porque é preciso aprender sempre! 19ª Turma: início em 27 de fevereiro de 2016
20ª Turma: início em 1º de março de 2016 Público-alvo Destinado aos profissionais e pesquisadores das áreas de medicina, enfermagem, farmácia, biomedicina, educação física, nutrição, odontologia, psicologia, fisioterapia e demais profissionais e pesquisadores da saúde. Objetivos
• Desenvolver habilidades em pesquisa para profissionais da área da saúde das várias regiões do país.
• Aperfeiçoar e atualizar os conhecimentos dos profissionais e pesquisadores nas técnicas de redação científica.
• Proporcionar conhecimentos específicos de redação científica com a finalidade de aumentar as publicações no âmbito qualitativo e quantitativo.
• Contribuir para o aperfeiçoamento da análise crítica da literatura científica que, consequentemente, aprimorará a criação e o desenvolvimento de normas de procedimentos na…

Fontes consultadas. Referências consultadas. Você sabe o que são? (Pedro Reiz)

Cabe comentar sobre um ponto pouco difundido na preparação de trabalhos acadêmicos, sejam de graduação, sejam de pós-graduação (mestrado ou doutorado), contudo, de valor imensurável. Trata-se das Referências consultadas[1] ou de Fontes consultadas que devem ser indicadas ao término dos estudos. 
           Se os estudantes acostumarem-se, desde o ensino médio com o uso de Referências consultadas ou de Fontes consultadas, talvez tenham mais facilidade no planejamento do trabalho e, dessa forma, não se detenham por demais em meros aspectos de formatação e de normalização, tão comuns entre alguns estudantes e pesquisadores. 
           Assim, esclarece-se sobre a importância de apresentar a lista de Referências como também as Referências consultadas ou Fontes consultadas, visto que alguns têm a impressão de não haver necessidade de citar um documento, quando ele foi utilizado “apenas” para o pesquisador “entender diversos pontos incompreensíveis”, o que é enganoso. 
           Todos os docu…

Novo Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa: obrigatório a partir do dia 1º de janeiro de 2016. Você sabia?

Por Editora Hyria 31/05/2014

O novo Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa foi assinado pelos representantes de Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Portugal, São Tomé e Príncipe, Moçambique e Timor Leste em 16 de dezembro de 1990.
No Brasil, depois do período de coexistência das duas normas ortográficas, o novo Acordo seria adotado oficialmente em 1º de janeiro de 2013.Entretanto, poucos estudantes e pesquisadores estão cientes do adiamento das novas regras, que serão obrigatórias apenas a partir de 1º de janeiro de 2016. Enquanto isso, as duas normas ortográficas continuam valendo. As regras do novo Acordo estão em uso não obrigatório, desde 1º de janeiro de 2009 para período de adaptação dos documentos e publicações em geral, provas acadêmicas, concursos públicos, entre outros. Desse modo, nas monografias, dissertações, teses e outros trabalhos de cunho acadêmico-científico, a indicação da regra empregada facilita a vida dos professores orientadores e da banca examinadora. Na 3ª e…

Deixar a redação científica para depois?

Por Editora Hyria
29/05/2014, às 10h02

O professor Pedro Reiz destaca a necessidade de se afastar de mentes que alimentam algumas ideias simplistas e enganosas: 

     “É ingênuo pensar que primeiro deve-se preparar o experimento, para só depois, em outro momento, pensar em redigi-lo. Mais ingênuo ainda é pensar que redigir tese ou artigo científico é atividade menor, que pode ser deixada para depois, como se em qualquer tempo fosse possível escrever o trabalho científico. Nos cursos e treinamentos detalho tanto a importância da análise dos dados quanto do planejamento para a redação, até o momento da redação em si”.

Vídeo-aula ou videoaula? (Pedro Reiz)

Fique atento para não oferecer os tais "cursos internacionais de redação científica" e grafar videoaula de modo equivocado. Ainda há outros que ministram os tais cursos e registram "idéa" ao invés de ideia, entre tantos desvios.

Segue lista correta:
videoalarme
videoamador
videoamadorístico
videoarte
videoartista
videoartroscopia
videoassistida
videoaula (não vídeo-aula)
videobuque
videocâmara
videocápsula
videocassete
videoceratografia
videocharge
videocirurgia
videoclipe
videoclube
videocolonoscopia
videoconferência
videodisco
videodiscoteca
videoeducativo
videoendoscopia
videofax
videofilia
videófilo
videofluoroscópica
videofone
videofonograma
videofrequência
videogame
videografia
videograma
videogravação
videojogo
videojóquei
videojornal
videolaparoscopia
videolaringoscopia
videolocadora
videomania
videomediastinoscopia
videomicrografia
videomicroscopia
videonasofaringoscopia
videonistagmografia
videopôquer
videoquê
videoquimografia
videoteca
videoteipe
videotexto
videotoracoscopia
videowall

Pedro Reiz

Sem crise na redação científica

Na arte da redação científica há diversas correntes e aplicações em diferentes áreas do saber. O processo de conhecimento é também de relacionamento, uma vez que ambos se auxiliam na construção e reconstrução. É essencial que os interessados em redação científica leiam trabalhos de qualidade para fundamentarem saberes e, notadamente, meditarem sobre as proposições ligadas ao conhecimento maior. Daí, quem sabe, poderão formar base para construir vertente teórica.
Acredito que o êxito nas formulações teóricas para a produção de conhecimento em redação científica está fortemente relacionado à compreensão da realidade atual, das condições materiais e, sobretudo imateriais, que não podem continuar a ser ilógicas e compreendidas de modo contraditório por alguns.
Sem emoção, técnica ou criatividade, redige-se mal. Redação científica também é uma  maneira de expressar sentimentos e percepções sobre os fenômenos observados.
Em função das peculiaridades clínicas deste tema, torna-se fundamental o …

Treinamentos em redação científica na cidade de São Paulo

São Paulo, 12 de agosto de 2013.

O treinamento em redação científica, individual ou em grupo, é um espaço único em que os pesquisadores podem aprofundar os conhecimentos, pois dispõem de toda a infraestrutura necessária.

Pesquisadoras e pesquisadores contam  com completa equipe de apoio que oferece  suporte para a familiarização com as exigências  dos periódicos científicos até o desenvolvimento  de certas habilidades, com o emprego de  métodos e técnicas eficazes.
O apoio nessas horas, mais o suporte com ferramentas apropriadas e assistência de profissionais especializados em redação científica, sobretudo na área da saúde, são determinantes para o sucesso.


São Paulo (Vila Mariana)


Turma 6, aos sábados (concluída) Turma 7, aos sábados (concluída) Turma 8, às terças-feiras (concluída) Turma 9, às terças-feiras, das 18h às 20h40, início em 5 de novembro  (concluída) Turma 10, aos sábados (concluída)

Pedro Reiz Centro de Treinamento e Formação
Rua Domingos de Morais, 2102 conj.34 Vila Mariana 
São Paulo-…

Benefícios proporcionados pela participação nos cursos de redação científica: 1) Práticas para melhorar a tarefa do pesquisador; 2) Fundamentos teóricos e práticos; 3) Escrever artigo científico para ser publicado (Pedro Reiz)

De modo geral, os comentários sobre os benefícios proporcionados aos professores orientadores, que recomendam aos seus orientandos tanto a realização quanto a participação em cursos e treinamentos, evidenciam a eficácia dos serviços prestados.


A metodologia dos cursos e treinamentos em redação científica favorece a adoção de hábitos de pesquisa sadios, o que potencializa o desenvolvimento dos participantes em diversos campos. A busca constante por aperfeiçoamento e a redução dos desvios são alguns benefícios desse desenvolvimento, que melhoram consideravelmente a relação orientador-orientando, afora reduzir o tempo dedicado à redação de teses e artigos.

A redação de artigo científico é 
atividade fundamental à vida acadêmica 
e sequência natural para o pleno  desenvolvimento do pesquisador.

Para saber mais sobre os cursos e treinamentos, acesse: http://www.redacaocientifica.com/

Curso de atualização em redação científica

Imagem
Curso de Redação Científica RJ: fundamentos teóricos e práticos (2013)
Pedro Reiz Centro de Treinamento e Formação
Data:10 de agosto de 2013 (sábado) Horário:9h às 18h Local:Rua Barata Ribeiro, 222 Copacabana
Objetivo:oferecer técnicas, recursos teóricos e práticos aos estudantes, pesquisadores e interessados em redação científica.
Público:pesquisadores inscritos nos programas de especialização, mestrado, doutorado e demais profissionais.
O Curso foi desenvolvido em duas etapas: Período da manhã, atividades teóricas.Período da tarde, atividades práticas (em grupo).
Indicação bibliográfica: Manual de técnicas de redação científica (2ª edição). A antiga Apostila está desatualizada.Caderno de exercícios.Redação científica moderna (lançamento). Observação: não é necessário adquirir os livros para frequentar o Curso.
Programa: Lógica do trabalho científico Sequência de todas as etapas Plano de trabalho Técnicas para começar o trabalho e técnicas para começar a redigir Descritores e bases de dados Assunto e …

Diversos cursos de redação científica

CURSO
Rio de Janeiro InéditoCurso de Fundamentos teóricos 10 de agosto de 2013, das 9h às 18h, no Copacabana Hotel Residência. Saiba mais...
Dicas de redação científica
Leia mais...


Benefícios proporcionados pela participação nos cursos de redação científica: 1) Práticas para melhorar a tarefa do pesquisador; 
2) Fundamentos teóricos e práticos; 
3) Escrever artigo científico para ser publicado.
Leia mais...

Trilogia de cursos de redação científica: 
1) Práticas para melhorar a tarefa do pesquisador; 
2) Fundamentos teóricos e práticos; 
3) Escrever artigo científico para ser publicado.
Saiba mais...


Plano de trabalho e redação científica Leia mais...


TREINAMENTOS Não se pode mais alegar falta de tempo, nem pesada carga de trabalho, muitos menos falta de competências ou experiências em matéria de redação científica. Leia mais...
PROMOÇÃO
Promoção "Convide um amigo pesquisador", em Curso de Redação Científica, realizado em Curitiba, foi mantida para o Curso de Redação Científica: fundamentos teó…

Blogue Pedro Reiz (downloads gratuitos)

Imagem
Em nossos blogues e sites oferecemos alguns materiais gratuitos para downloads, informações e novidades aos estudantes e pesquisadores de diferentes áreas.  Vale a pena navegar!
Downloads gratuitos e informações para aperfeiçoar os conhecimentos em redação científica em:
Formatação e normalização
Manual de técnicas de redação científica, 3ª edição
Dicas de redação científica









Cuidar da minha formação como pesquisador. Disso, eu não abro mão!

Imagem

Escrita científica: cursos de redação científica de qualidade são raros

Por Editora Hyria

Muitos pesquisadores não receberam a necessária formação em redação científica, nem para a redação de trabalhos menores, muito menos para a preparação de manuscrito a ser submetido aos periódicos científicos. Contudo, enquanto aumenta a procura por cursos superiores, diminui a qualidade dos trabalhos escritos. Desse modo, cursos especializados em redação científica de qualidade são cada vez mais raros.
Ao observar esse quadro, surgiu em meados de 2002, Pedro Reiz Centro de Treinamento e Formação para servir de suporte aos estudantes universitários, mestrandos, doutorandos, pós-doutorandos, e diferentes pesquisadores e profissionais. A empresa privilegia a difusão do saber crítico, emprega recursos atualizados, desenvolve técnicas e ferramentas práticas para servir aos pesquisadores de todas as idades.
A empresa que foi fundada pelo professor Pedro Reiz já auxiliou centenas de pesquisadores, contribuiu para a publicação de dezenas de artigos científicos em periódicos nac…

Técnicas de redação científica

Imagem
Manual de técnicas de redação científica, 3 ed. O Manual de técnicas de redação científica é indicado para as disciplinas de metodologia científica e afins da graduação à pós-graduação dos cursos presenciais e a distância.





Manual de técnicas de redação científica, 2 ed. Editora Hyria

Promoção "Convide um amigo pesquisador"

Imagem
São Paulo, 29 de abril de 2013. Atualizado em 12 de agosto de 2013.
Curso redação científica: fundamentos teóricos e práticos realizado por Pedro Reiz Centro de Treinamento e Formação com apoio da Editora Hyria foi inédito no Rio de Janeiro. Ocorreu no dia 10 de agosto de 2013, sábado, em Copacabana.
A promoção "Convide um amigo pesquisador" ofereceu 50% de desconto na segunda matrícula. 
Diversas atividades práticas e muitas dicas com exemplos - sem estresse e com muita motivação e dinamismo - marcam os cursos e treinamentos promovidos pelo Centro de Treinamento. Outras informações podem ser obtidas pelo site www.redacaocientifica.com.

Dicas de redação científica

Por Editora Hyria

É fácil ver um trabalho científico pronto, completo. O que não nos damos conta é que todas aquelas páginas de "suado" conhecimento foram construídas parágrafo por parágrafo, ideia por ideia... 
       Diante disso, vale refletir sobre o desenvolvimento e a organização dos parágrafos no texto científico. Abaixo segue texto sobre o tema, reproduzido com autorização do autor:
"Os parágrafos expressam raciocínio lógico, harmônico e informam os propósitos do pesquisador. Por isso, opta-se por desenvolver uma ideia de cada vez e buscar simplicidade. A linguagem será mais clara e a informação mais precisa. É importante verificar se as ideias principais foram colocadas nas primeiras frases, e se as palavras fundamentais ficaram no início ou no fim do parágrafo. A preferência é pela ordem mais comum: sujeito, verbo e objeto (SVO). É a estrutura mais simples da língua portuguesa.
Começar os parágrafos. Posso iniciá-los com pronomes oblíquos átonos ou números? E os p…